ANEAM - Associação Nacional dos Engenheiros Ambientais

30-05-2016

FAO CONTRATA ENGENHEIRO AMBIENTAL PARA VAGA DE CONSULTOR EM SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL, BRASÍLIA – DF

Avalie este item
(0 votos)

Empresa Contratante: Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) - Criado em 1942, o IICA é um organismo internacional especializado em cooperação técnica para a agricultura e o desenvolvimento rural das Américas. O instituto se dedica integralmente a promover uma agricultura competitiva, sustentável e inclusiva.

 

Ramo da Atividades: Agricultura e o desenvolvimento rural

 

Projeto de Cooperação Técnica BRA/IICA/14/001

 

Objetivo da Consultoria: Elaborar estudos técnicos contendo proposta de documento que atualize o marco conceitual, a estrutura metodológica assim como a elaboração de materiais pedagógicos para os respectivos processos formativos do componente Sustentabilidade Ambiental, no âmbito dos programas e projetos de combate à desertificação, com ênfase no Programa Água Doce.

 

 

Formação Acadêmica: Curso Superior completo em Biologia ou Engenharia Ambiental.

 

Experiência Profissional: Mínimo de 05 anos de trabalho comprovado em atividades relacionadas à aplicação de políticas públicas ambientais, nas áreas de educação ambiental, recursos hídricos, combate à desertificação, acesso à água e/ou revitalização de bacias hidrográficas, preferencialmente nas Áreas Suscetíveis à Desertificação (ASD). Experiência comprovada na elaboração e análise de instrumentos de gestão, políticas públicas e programas governamentais, com ênfase em aspectos de educação ambiental aplicado aos recursos hídricos, recuperação, a conservação e a preservação das bacias hidrográficas, mudanças climáticas e/ou mitigação aos efeitos da seca e combate à desertificação e ao acesso à água no semiárido brasileiro.

 

Atribuições e Responsabilidades

  • Participar de reuniões com técnicos do MMA, especialmente aqueles vinculados ao DRB-SRHU/MMA e ao DCD-SEDR/MMA.
  • Articular com as instituições e atores relevantes dos estados que atuam com as temáticas de interface à desertificação e ao acesso à água no contexto do PAD para o levantamento das informações necessárias à elaboração dos estudos.
  • Apoiar as ações técnicas, garantindo o acompanhamento, suporte, desenvolvimento, promovendo a difusão da metodologia do Programa Água Doce.
  • Realizar reuniões junto aos estados, onde são desenvolvidas as atividades do Programa Água Doce, atendendo a demanda da Coordenação Naciona.
  • Apoiar a Coordenação Nacional nos processos de capacitação das comunidades selecionadas em sua área de atuação.
  • Assegurar e prover as informações relativas ao andamento do projeto em execução na sua área de atuação.
  • Apoiar a elaboração de notas e pareceres técnicos com intuito de solucionar dúvidas e/ou problemas que venham a surgir durante a implantação dos sistemas de dessalinização.
  • Acompanhar os estados, onde são desenvolvidas as atividades do Programa Água Doce, para verificar a conformidade das informações apresentadas nos diagnósticos socioambiental e técnico.
  • Participar de reuniões com técnicos do MMA, especialmente aqueles vinculados ao DCD-SEDR/MMA e ao DRB-SRHU/MMA.
  • Realizar levantamento dos aspectos conceituais, metodológicos e formativos de ações estaduais instituídas pelo PAD, voltadas para o seu componente de sustentabilidade ambiental.
  • Articular com as instituições e atores relevantes dos estados que estão executando as atividades do Componente de Sustentabilidade Ambiental nas Fases I, II e III no contexto do PAD para o levantamento das informações necessárias à elaboração dos estudos.
  • Realizar viagens para os estados integrantes do PAD para o acompanhamento das ações do Componente Sustentabilidade Ambiental.
  • Participar de reuniões relacionadas ao Programa Água Doce, especialmente ao Componente Sustentabilidade Ambiental.

 

Produtos

  • Relatório Técnico contendo proposta de documento de atualização do marco conceitual e do marco metodológico do Componente Sustentabilidade Ambiental do Programa Água Doce – PAD, especificamente no que se refere à procedimentos técnicos e gerenciais para implantação de sistema de dessalinização, contendo contextualização, metodologia, revisão bibliográfica, projetos, custos atualizados, anexos, informações atualizadas, fotos, diagramas, tabelas, planilhas, gráficos e ilustrações.
  • Relatório Técnico contendo proposta de documento com apresentação de materiais pedagógicos de apoio aos processos formativos referentes à execução do Componente Sustentabilidade Ambiental do Programa Água Doce – PAD, com foco no diagnóstico socioambiental, no Estado de Minas Gerais, junto à Coordenação Estadual do Programa Água Doce e demais agentes executores.
  • Relatório Técnico contendo proposta de documento com apresentação de materiais pedagógicos de apoio aos processos formativos referentes à execução do Componente Sustentabilidade Ambiental do Programa Água Doce – PAD, com foco nas boas práticas domésticas para a qualidade da água de consumo humano, no Estado da Bahia, junto à Coordenação Estadual do Programa Água Doce e demais agentes executores.
  • Relatório Técnico contendo análise dos processos formativos referentes à execução do Componente Sustentabilidade Ambiental, durante a Fase III do Programa Água Doce – PAD, com foco em boas práticas de manutenção da qualidade da água de consumo humano, no Estado de Sergipe, junto à Coordenação Estadual do Programa Água Doce e demais agentes executores.

 

Prazo de Execução: O prazo previsto para execução das atividades contidas nesse Termo de Referência é de 12 (doze) meses contados a partir da data de assinatura do contrato.

 

Valor do Contrato: O custo estimado da consultoria é de R$ 90.000,00 (noventa mil reais) relativos aos produtos e R$ 9.606,00 (nove mil, seiscentos e seis reais) estimado em viagens, totalizando R$ 99.606,00 (noventa e nove mil, seiscentos e seis reais). As viagens previstas para a execução dos produtos serão pagas diretamente pelo Projeto, via SDP, com a devida prestação de contas do consultor ao final do contrato.

 

Local: Os serviços serão executados na cidade de Brasília. O acompanhamento do trabalho desenvolvido pelo (a) contratado (a) será realizado por meio de reuniões presenciais, contatos telefônicos e por e-mail, sob a coordenação do Departamento de Combate à Desertificação da Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério do Meio Ambiente – DCD/SEDR-MMA em parceria com o Departamento de Revitalização de Bacias Hidrográficas da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano – DRB/SRHU/MMA que estarão disponíveis para a consulta de dados e documentos pertinentes. 

 

Envio de currículos até dia 30 de Maio de 2016

 

Clique aqui e candidate-se.

 

Fonte: Agrobase

Add comment


Security code
Refresh

Associação dos Engenheiros Ambientais

Top Desktop version